São ideias . São notas soltas . São pensamentos . São sentimentos . São parvoíces . São sonhos .

18
Abr 09

 

"Quando pensares em desistir ou desaparecer
Levanta a cabeça, acredita, tu consegues vencer
Quando o sol se for e a lua começar a brilhar,
Vem p'ra jenela, ouve-me a cantar.

Quantas vezes já te vi perdido com medo de deitar
Pensar que amanhã já não consigo acordar
Fechar os olhos e ver que tudo está parado
Chorar por aqueles que me têm magoado.

Queria-te contar uma história mas não estás para a ouvir
Queria-te dizer o quanto te adoro mas acabaste por desistir
Saber que te afastaste com medo de arriscar
Sentir que já não sentes ou que me estás a enganar.

[...]
A vida é um jogo, arrisquei mas perdi
Se não sorris para a vida, ela não sorri p'ra ti!

Viaja no meu íntimo, descobre quem sou eu
Dá-me um porto de abrigo, que eu dou-te o que é meu
Fecha os olhos, foge dos teus medos!
[..]

Tardes passadas com a alma só que eu a via
Letras de músicas que escrevia e reflectia
Nunca pedi muito, mas nem um pouco me deram
No caminho da vida, vocês por mim não esperam...

E é isso que me revolta, que me toca e que me choca:
O preço de quem fala que para mim não volta!
Solto a voz que há muito trmpo ficou presa
Deixo-a ir embora porque sei que ela regressa...

[...]

Ajuda-me, livra-me de todos esses pesos
E quando eles sairem juro que te conto os meus segredos."


Pedro Madeira, "Descobre-me"

publicado por minha_pessoa às 12:20
sinto-me: a ir abaixo outra vez...
música: "Descobre-me", Pedro Madeira

17
Abr 09

[depois de algum tempo de conversa]

 

Ele - Fogo estou desiludido contigo...

 

Eu - Comigo?! Porquê?!

 

Ele - Fogo nem reparaste que cortei o cabelo...


Eu - Tnho um azar do caraças!

 

Ele -  Porque dizes isso?

 

Eu - Porque tenho... mas a culpa é dos mails que me mandam a rogar pragas e eu não reenvio!


16
Abr 09

 

Eu - Mas o quê que a mulher está a fazer?!

Ela - Está a resolver um problema...

Eu - Olha o meu não é de certeza!

Ela - Tu não tens problemas... tu ÉS um problema!

publicado por minha_pessoa às 13:55

 

Ela  - Tropecei numa mosca..

 

Eu - Numa mosca?!!

 

Ela - Sim... Era uma mosca grande pah!

publicado por minha_pessoa às 13:51

15
Abr 09

Não gosto do típico "Olha esta é a minha amiga X, este é o Y!"

 

DEFINITIVAMENTE! É tão mais interessante conhecer as pessoas das formas mais estúpidas...

 

 

SUGESTÕES

  1. Á porta de uma casa-de-banho de um centro comercial a falar ao telemóvel e de repente ouvirem alguém lá de dentro a responder ao que estás a falar...
  2. Quando tiverem uma bruta dor de dentes ponham-se a pedir comprimidos!
  3. Começar a miar para ver se a pessoa olha.
  4. Fingir-se bêbado para se meter com as pessoas;
  5. etc.

Sugestões aceitam-se!

publicado por minha_pessoa às 19:55
sinto-me: parva

Hoje deu-me para fazer uma pausa e verificar a minha vida assim de um modo completamente realista: tnho quase 20 anos e nunca tive uma relação a que se possa dar o nome de "como deve ser"... Analisei como deve ser o que me tem acontecido e acabei por achagar a uma conclusão: sou óptima a escolher amigos e péssima a "escolher" mais que isso!

 

ANYWAY, o quê que isso importa?

 

MAIS VALE BONS AMIGOS DO QUE UM PARCEIRO QUE NÃO VALE UM CÚ!


14
Abr 09

Mostro para todos o que todos querem que eu mostre: um sorriso enorme!

 

Queria poder dizer que nunca mais te quero ve. Queria ter a coragem de te dar desprezo, queria ser capaz de nunca mais olhar para esse sorriso que me cativou desde o primeiro dia... Onde está a minha coragem? A minha força?

 

Eu minto. Minto para mim quando penso que já não te quero, minto para ti quando digo que estou bem, minto para o mundo quando mostro um sorriso quando a única coisa que me apetece é chorar...

Tu mentes. Mentes para mim quando dizes que é melhor esquecer tudo, mentes para ti quando achas que gostas dela, mentes para o mundo lhe dás a mão mas pensas é no beijo que me deste. Menstiste descaradamente quando disseste que não me querias magoar... Não estou magoada pelo que fizeste, mas sim, pelo que não tiveste coragem de fazer!

 

 

"[...]Porque é que a vida
Nos fascina?
Tantas vezes nos domina?
Acreditar que no amor
Não se sente a dor
Mas é mentira!
Mentira! Mentira...[...]"

João Pedro Pais, "Mentira"

 

Ontem disseram-me: "Não desistas dele..."

 

Não fui eu que desisti dele, foi ele que desistiu de mim (se é que alguma vez lutou por mim).

 

 

"Não andes atrás de quem amas,

deixa que seja a vida a trazer quem mereces..."

 

Eu mereço muito mais do que isto!

Lutei demais para ficar sem nada!

Só provas o que todos diziam: és um fraco que não sabe lutar pelo que quer!


12
Abr 09

Não sei se finges ou se estás mesmo feliz. Não sei se finjo ou estou mesmo bem. Quero acreditar que estás feliz sem mim, mesmo sabendo que pertences a outro alguém... Gostava de sorrir para ti sem que isso me magoasse. Gostava que tivesses dito na minha cara aquilo que só por escrito conseguiste...

 

 

"É melhor esquecermos o que aconteceu...

Para bem de todos..."

 

 

Como queres esquecer algo que foi mais forte que nós?

Estando longe, eu sei que consegues. Mas, e quando passas por mim? Quando nos vemos, nem que seja só de relance, só eu sei o que as minhas pernas tremem, o que o meu coração acelera sem me pedir permissão!

Aquelas tuas palavras escritas cairam em mim como um relâmpago em noite de tempestade... 

 

Não fui capaz de chorar.

Não fui capaz de sentir.

Não fui capaz de reagir.

 

 

Lembras-te do que te disse antes do nosso primeiro beijo?

 

"Não me faças isto... Eu sou muito pequenina..."

 

 

 

 

Bem sei que o que a minha boca dizia não era o que ela pedia... mas não assim, não às escondidas do mundo, não como quem cometeu um crime e agora é fugitivo!

 

"Desculpa se te fiz fogo e noite
Sem pedir autorização por escrito
Ao sindicato dos Deuses
Mas não fui eu que te escolhi
Desculpa se te usei
Como refugio dos meus sentidos"

 

Sinto que esta foi a mensagem. Usaste-me como refúgio, porto de abrigo, porto seguro porque sabias que eu estaria sempre lá! Não me usaste... se me usaste, desculpa, também te usei!

 

Quero seguir em frente mas tu não deixas.

Não me pedes para ficar.

Não me pedes para partir.

Já não pedes nada.

Neste momento é isso que mais me magoa.

publicado por minha_pessoa às 21:44
música: I thought you would live your heart with me, Rita Guerra

11
Abr 09


Jamal Malik (Patel) tem 18 anos de idade, vem de uma família das favelas de Mumbai, Índia, e está prestes a experimentar um dos dias mais importantes de sua vida. Visto por toda a população, Jamal está a apenas uma pergunta de conquistar o prêmio de 20 milhões de rúpias(moeda indiana) na versão indiana do programa televisivo "Quem quer Ser Milionário?" No entanto, no auge do programa, a polícia prende o jovem Jamal por suspeita de trapaça. A questão que paira no ar é: como um rapaz das ruas pode ter tantos conhecimentos? Desesperado para provar sua inocência, Jamal conta a história da sua vida na favela - onde ele e o irmão cresceram -, as aventuras juntos, os enfrentamentos com gangues e traficantes de drogas e até mesmo o amor por uma garota.

 

 

 

Fui ver este filme ao cinema. Já tinha visto o making of e fiquei super curiosa... Facto e que, depois de o ver, não conseguia dormir. Fiquei mesmo a pensar no raio da história!

 

Não que ele (Jamal) fosse uma inteligência extrema... aliás, ele não sabia grande coisa.

 

Apresentador: "Costuma ler muito?"

Jamal: "Eu sei ler..."

 

A única coisa que ele tinha era o seu passado e um amor perdido.

 

Joga, não pelo dinheiro, mas por um amor.

 

Polícia: "Então [se não foi por dinheiro] porque respondeste?"

Jamal: "Quando alguém me faz uma pergunta, eu dou sempre uma resposta."

 

Ao longo das perguntas que vão aparecendo no programa ele vai recordando todos os episódios da sua vida que lhe dão a resposta correcta para a pergunta. A grande questão que o filme colocou na minha cabeça foi:

 

Tudo o que nos acontece terá utilidade um dia?

 

Sim. Eu acredito que nada nos acontece por acaso... De tudo o que nos acontece, temos sempre uma lição a retirar, temos sempre uma nova perspectiva, uma nova opinião, um novo olhar sobre o mundo.

No momento, a maioria das vezes, não entendemos, não queremos perceber. Mas um dia tudo fará sentido porque todo aquele percurso te levará a um determinado ponto e é aí que vais perceber o porquê de teres ido a tal jantar, a conhecer tais pessoas, a estar na loja tal a tal hora em que aconteceu X, ...

 

Estas questão fazem-nos pensar na existência e um próprio destino. Penso que não existe um destino como estamos habituados a imaginá-lo... mas, se tudo acontece com algum propósito é porque é suposto chegarmos a algo se não limitavamo-nos a seres irracionais que agem por instinto! {se bem que existe para aí com cada animal... LOL}

 

Durante cerca de 10 anos(ou mais) ele lutou pela "mulher-menina-amiga-criança" que amava. Se ele não lutasse o destino também não a trazia de certeza! Se somos nós que fazemos o nosso destino? Quem sabe... talvez a diferença esteja apenas no caminho que escolhemos!
 

Jamal: "Eu sabia que estarias a ver [o programa]..."

Latika: "Pensava que só nos iamos encontrar na morte..."

Jamal: "Este é o nosso destino!"

 

publicado por minha_pessoa às 11:04
música: banda sonora do filme

arquivo de ideias
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


subscrever feeds
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO